msg aviso
Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite HumanoDireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

\ Amamentação \ Ensino \ Artigo

Inédito: CARTILHAS INDÍGENAS sobre AMAMENTAÇÃO

Por: Agora MS - Dourados, MS

Cartilhas de Aleitamento Materno  ajudam reduzir desnutrição em Mato Grosso do Sul
 

 Funasa/MS em parceria com governo do estado de Mato Grosso do Sul começa a distribuir a partir do próximo dia 28, a primeira edição da Cartilha sobre Aleitamento Materno elaborado pela própria comunidade indígena para as etnias Guarani-Kaiowá, Terena e Kadwéu.

A iniciativa é inédita no país e o lançamento e distribuição terá início nas aldeias: Caarapó (região sul do estado), aldeia Bananal no município de Aquidauana (30/11) e na aldeia Alves de Barros no município de Bodoquena (05/12).

A idéia foi desenvolvida por técnicos da Coordenação Regional de Mato Grosso do Sul da Funasa e Secretaria de Estado de Saúde que contaram com ajuda da população indígena e lideranças das aldeias para a concretização do Projeto, que demorou mais de dois anos até a atual fase de distribuição.

O trabalho de coleta dos dados, elaboração e seleção de ilustrações teve início com a realização de várias oficinas de capacitação nas aldeias onde vão começar agora a distribuição dos nove mil exemplares já impressos através da parceria com o Governo do Estado. A tradução foi realizada por professores das etnias Guarani, Kaiowá, Terena e Kadwéu.

Durante a elaboração específica da linguagem em cada uma das etnias, foi respeitada e resguardada simplicidade dos desenhos, símbolos e principalmente a cultura indígena.

Até dezembro a Cartilha sobre Aleitamento Materno será distribuída em todas as aldeias de MS. Um dia antes do lançamento, a Funasa vai realizar oficinas em todos os Pólos-Bases, para capacitação dos agentes indígenas de saúde e das equipes multidisciplinares de saúde, para que possam estar preparados para a leitura adequada da Cartilha.
 
Serão discutidas situações sobre aleitamento materno no Brasil, ações de incentivo, benefícios da amamentação, importância da introdução de novos alimentos, malefícios da utilização de mamadeiras e chupetas e manejo básico da amamentação, além da elaboração de estratégia de dispersão das Cartilhas em cada comunidade.

O maior objetivo da confecção deste material é além de incentivar o aleitamento materno até o segundo ano de vida do bebê, aumentar a qualidade de vida das crianças e garantir a sobrevivência de centenas de indígenas, reduzindo com isso os índices de mortalidade infantil.

Para o presidente do Conselho Distrital Indígena, Fernando Silva Souza este trabalho da Funasa/MS em conjunto com a equipe técnica do setor de aleitamento materno da Secretaria de Estado de Saúde para execução nas aldeias deste projeto pioneiro no país, voltado ao incentivo à amamentação, ”é de extrema importância para que a comunidade indígena das 72 aldeias de Mato Grosso do Sul, que hoje ultrapassa 63 mil índios, possa entender melhor o valor nutricional do leite materno, diminuindo ainda mais o índice de desnutrição infantil hoje que é de 8,45%, inferior ao mesmo período em 2006 que era de 11%”, afirmou Fernando.
 


Publicado em: 21/1/2011

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade | Fale Conosco
18 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital