Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCriançasCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

\ Amamentação \ Criança \ Artigo

CRECHE - um espaço AMIGO da AMAMENTAÇÃO ?

Por: Prof. Marcus Renato de Carvalho

CRECHES AMIGAS da AMAMENTAÇÃO

Todas as creches deveriam:

   1. Explicitar em sua Política Pedagógica a promoção, proteção e apoio à amamentação, e fazer com que todo os trabalhadores – docentes ou não tenham conhecimento e pratiquem estas ações.
   2. Capacitar todos os funcionários (professores e pessoal de apoio) da creche para que possam implementar esta iniciativa.
   3. Informar as famílias, principalmente as gestantes e nutrizes da comunidade os benefícios da amamentação exclusiva e os malefícios dos leites artificiais, mamadeiras e chupetas, respeitando a Norma Brasileira de Comercialização de Alimentos para Lactentes e Crianças de Primeira Infância, Bicos, Chupetas e Mamadeiras.
   4. Apoiar as mães que precisam voltar ao trabalho e desejam continuar amamentando. Informar sobre as técnicas de ordenha da mama, transporte e conservação do leite materno.
   5. Disponibilizar para as mães, um espaço físico agradável (sala de amamentação e expressão manual) e um clima acolhedor para que possam amamentar seus bebês antes de deixa-los e ao vir busca-los.
   6. Promover a amamentação exclusiva tão próximo possível do ideal (6 meses) e continuada (até 2 anos ou mais), e apoiar a introdução adequada de alimentos complementares (sucos e papas de frutas e papas de legumes).
   7. Realizar atividades de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno, junto às crianças, seus pais e comunidade. Por ex. nas Semanas Mundiais de Amamentação.
   8. Fomentar o estabelecimento de grupos de apoio à amamentação, procurando possibilitar encontros entre nutrizes com a assessoria de pessoal capacitado em aleitamento.
   9. Ajudar as nutrizes a superarem as dificuldades que puderem surgir nesta fase de volta ao trabalho, incluindo a informação sobre os direitos da mulher e as licenças trabalhistas.
  10. Respeitar e defender o direito da mulher de amamentar, e sua criança ser amamentada, com tudo que isto implica de apoio à família.

Modificado e adaptado à realidade brasileira pelo Prof. Marcus Renato de Carvalhodo documento: Iniciativa Jardines Maternales Amigos de la Madre y el Niño elaborarado pela Lic. Maria Antonia Bonet Coll – mbonet@sinectis.com.ar
 
 


Última atualização: 4/2/2011

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo. Leia nossa Política de Moderação.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade/Cookie/Moderação | Fale Conosco
O nosso portal possui anúncios de terceiros. Não controlamos o conteúdo de tais anúncios e o nosso conteúdo editorial é livre de qualquer influência comercial.
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie.
22 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital