Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCriançasCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

\ Cuidado Paterno \ Homem \ Artigo

PAI que é PAI: CUIDA !

Por: Marcus Renato de Carvalho

Pai, dê o peito ao seu filho.

Quando amamos, cuidamos, e quando cuidamos, amamos.
Leonardo Boff

N a última década, tem havido uma mudança enorme
quanto à presença paterna no desenvolvimento dos crianças.
Cada vez mais, os homens têm assumido a cotidiana tarefa de assistir, banhar, alimentar, colocar para dormir, pegar e/ou levar na escola...

Com o surgimento de métodos e formas de trabalho mais modernos, os homens têm tido a oportunidade de trabalhar em casa e, assim, poder assumir tarefas domésticas. Conheço alguns casais em que os papéis tradicionais se inverteram devido as oportunidades e momentos profissionais.

Estudos científicos já têm comprovado que o suporte emocional oferecido pelo homem à mulher contribui na adaptação à gestação; que a presença do companheiro no parto está associada a menor necessidade de uso de medicação contra dor e com vivências mais positivas no pós-parto; e que o apoio masculino durante a amamentação é fundamental, a ponto de prolongá-la, inclusive.

O direito à participação do PAI nos serviços públicos, principalmente nas maternidades, já é objeto de lei em alguns estados (SC, SP e RJ). O resultado disso já podemos notar nos hospitais - hoje o pai não é mais considerado uma mera "visita" com horários restritos.


Nos ambulatórios/consultórios de pediatria é notável a presença cada vez maior dos pais nas consultas de seus filhos. É bom ver que os pais estão assumindo e aprendendo a cuidar das crianças.

Estão sem dúvida, mais conscientes de seu papel na formação da personalidade de seus filhos.

Tenho certeza que este contato físico e emocional mais íntimo, mais terno, pode criar uma nova geração de homens menos violentos e, consequentemente, um mundo com mais delicadeza e solidariedade.

Vamos trazer de volta as crianças à vida dos homens ?
Vamos trazer de volta os homens à vida das crianças ?


Marcus Renato de Carvalho

Pai de Clara e Sophie
Pediatra, Prof. de Puericultura da UFRJ
www.aleitamento.com


Última atualização: 1/3/2011

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo. Leia nossa Política de Moderação.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade/Cookie/Moderação | Fale Conosco
O nosso portal possui anúncios de terceiros. Não controlamos o conteúdo de tais anúncios e o nosso conteúdo editorial é livre de qualquer influência comercial.
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie.
23 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital